ANFIMORFOS
possuem rizomas paquimorfos e leptomorfos no mesmo sistema (esta versão é de McClure, diferente da versão de Keng). Ex: Chusquea fendleri

LEPTOMORFOS com colmos agrupados
possuem rizomas leptomorfos, porém alguns deles congestionam-se, formando grupos que superficialmente lembram os originários de rizomas paquimorfos. Contudo este bambu não é anfimorfo pois não possue verdadeiros rizomas paquimorfos, todos sendo ocos e da mesma grossura dos colmos. McClure chamou este fenômeno de eixo de metamorfose 1. Existem espécies com rizomas deste tipo nos gêneros Pleioblastus, Pseudosasa, Indocalamus e Sasa, entre outros.

PAQUIMORFOS de pescoço longo com colmos agrupados
possuem rizomas paquimorfos de pescoço longo, e são análogos ao sistema anterior. Superficialmente aparentam ser anfimorfos, porém não possuem rizomas leptomorfos. Este tipo de rizoma é característico do gênero Yushania.

PAQUIMORFOS de pescoço muito longos com rizomas ao longo do pescoço
possuem rizomas paquimorfos normais com pescoços muito longos, e destes originam-se novos rizomas paquimorfos em grupos. McClure chamou este fenômeno de eixo de metamorfose 2. Característico do gênero Vietnamosasa.

Mr. Tydyn sugere que leiamos o trabalho de McClure, "Bamboos - a fresh perspective", para obter maiores explicações do autor.


Tipos de rizoma

Paquimorfo
1 - pescoço curto
2 - pescoço médio
3 - pescoço longo

4 - Leptomorfo

5 - Anfimorfo

6 - Paquimorfo c/ colmos reptantes

7 - Leptomorfo c/ colmos reptantes

8 - Paquimorfo de pesc. longo com rizomas no pescoço

     ilustração baseada em desenho do livro de F.A.McClure "Bamboos - A fresh perspective"



paginas     1 I 2 I 3 I 4 I 5 I 6 I 7 I 8

Info I Grupo I Produtos


Conteúdo desenvolvido: Raphael Moras de Vasconcellos- Rio de Janeiro / BRASIL
contato:
produzido por : COMDESIGN