Sítios arqueológicos no Equador mostram que o bambu é utilizado há cerca de 5000 anos na América do Sul, primeiramente pelos indígenas. O artigo do Dr. J.J. Parsons na Geographical Review Vol. 81: "Giant American Bamboo in the Vernacular Architecture of Colombia and Ecuador", de 1991 é didático no assunto. Pontes, cercas, barricadas, aquedutos e até prisões já foram feitas do bambu da espécie Guadua Angustifolia, preferido dos colombianos e equatorianos.


Habitações populares de bambu / Foto de Darrel DeBoer
1000 Things of Bamboo
Pavilhão da Colômbia na Exposição de Hannover 2000
Simon Velez - Foto de Gunter Pauli / 1000 Things of Bamboo

O potencial socializador do bambu está cada vez mais sendo percebido como de importância vital no desenvolvimento de países "pobres". Existem recentes programas de habitação que utilizam bambu nos países do Equador, Colômbia e Costa Rica. Esses programas são o resultado do esforço de arquitetos e engenheiros latino-americanos como Oscar Hidalgo Lopes, Simon Velez e Ana Cecilia Chaves, cujo trabalho é internacionalmente reconhecido. A facilidade de integração entre plantio, corte, transporte, manuseio e resistência leva este material a ser cogitado como a "madeira do século 21", como no artigo "Bamboo: Timber for the 21st century", Dr. Cherla B. Sastry.

paginas     2 I 3 I 4 I 5 I 6 I 7

Info I Grupo I Produtos


 

Conteúdo desenvolvido:
Raphael Moras de Vasconcellos
Rio de Janeiro / BRASIL

fale conosco: